Homem e mulher sorrindo com o aparelho transparente

o que é diastema?

saiba as principais causas do diastema e como fechar o espaçamento entre os dentes

Você já viu alguém com aquele espacinho entre os dentes frontais na arcada superior? Essa condição dentária tem nome e se chama diastema. Muito comum durante a infância, a característica não se configura como um problema bucal na maioria dos casos, mas ainda sim pode causar para algumas pessoas um impacto perante a questão estética do sorriso.

Enquanto algumas pessoas consideram um charme, outras preferem o fechamento do diastema com um aparelho dental, caso isso não aconteça ao longo do desenvolvimento dos dentes.

Neste artigo, vamos te apresentar as principais causas do diastema para você entender de uma vez por todas por que os dentes podem ficar espaçados.

Depende do tamanho do espaçamento. “Como o diastema possibilita o acúmulo de resíduos de alimentação nos dentes, é possível que com uma higienização não tão atenciosa no local , possam aparecer cáries e inflamações na gengiva”, explica a Dra. Gabriela Prado, dentista SouSmile.

Além disso, a fala também pode ser afetada, caso a língua encontre mais espaço do que precisa para pronunciar algumas palavras, tornando essencial o acompanhamento com um fonoaudiólogo.

Outro ponto importante é que dependendo da localização do espaço na arcada dentária, o diastema pode também influenciar na mastigação, causando DTM (disfunção temporomandibular). Normalmente os primeiros sintomas são dores na mandíbula, dores na cabeça ou desconforto para mastigar os alimentos.

soluções para dentes espaçados

É necessário procurar um dentista e realizar uma avaliação para um tratamento clínico, estético ou ortodôntico. Entre os tratamentos mais comuns e recomendados pelos dentistas, estão: aparelho invisível, aparelho fixo convencional (metálico, estético ou lingual) e preenchimento com resina.

Existem diversas formas de não ter mais o espaço entre os dentes. Desde técnicas com um objetivo mais estético, até aquelas que corrigem apenas a área que pode ser propícia à riscos na saúde bucal.

Veja quais são essas técnicas para tratar o problema:

restauração dentária

A restauração dentária é recomendada principalmente para quem deseja uma solução rápida e estética. Trata-se de um procedimento realizado em uma única consulta com o dentista, em que o espaço é corrigido com a aplicação local de resina no dente. Normalmente indicado para fechamentos de pequenos espaços.

lente de contato dental

As lentes de contato dental estão se popularizando nos últimos tempos. A técnica propõe um novo visual para o paciente, otimizando principalmente resultados estéticos para diastema. Neste caso, é uma possibilidade que aproveita o que tem uma correção marcante não só no formato dos dentes, como também na cor, que já o sorriso fica bem mais branquinho.

faceta de porcelana

A faceta de porcelana pode ser confundida com a lente de contato dental, mas nesse caso a diferença está nos desgastes dentários. O procedimento é indicado para para a correção de problemas severos na cor e forma dos dentes, originados por falhas em tratamentos clínicos como colocação de canal, flúor e outros problemas de formação do esmalte e dentina.

faceta de resina

A faceta de resina é um procedimento que anda bastante popular pelas transformações de impacto realizadas de forma instantânea nos consultórios odontológicos. A técnica é indicada para correções severas de espaços entre dentes que também precisam de uma recuperação do esmalte dentário, responsável pela proteção dos dentes.

fragmento cerâmico

O fragmento cerâmico trata-se de uma restauração dentária em porcelana. A técnica tem maior durabilidade e apresenta resultados visivelmente estéticos.

É recomendado para pequenos ou médios espaçamentos entre dentes e ainda para correções de cor e forma dos dentes.

cirurgia para remoção do freio labial

Como foi dito acima, as anormalidades do freio labial podem levar ao diastema. Por isso, realizar essa cirurgia pode ser super indicado para quem tem essa condição dentária.

O procedimento cirúrgico pode ser essencial para resultados mais estéticos, no entanto também pode melhorar a fala do paciente. A cirurgia é feita para remover as inserções musculares profundas localizadas entre dentes que impedem os contatos dentários laterais através de movimentações ortodônticas.

tratamento ortodôntico

O tratamento ortodôntico é o mais recomendado para o fechamento do diastema. Isso porque usar o aparelho pode modificar a arcada dentária e proporcionar ao paciente mais qualidade de vida, já que esses problemas de alinhamento e espaçamento podem ter diversos impactos na saúde como um todo.

Listamos alguns tipos de tratamento ortodôntico, veja a seguir.

aparelho fixo

O aparelho fixo é o aparelho mais convencional do mercado. Ele exerce pressão sobre a arcada dentária através do fio metálico e dos bráquetes, que ficam colados no dente durante todo o tratamento. Normalmente, é recomendado para pacientes que precisam corrigir tanto o diastema quanto a má oclusão (ação de abrir e fechar a boca).

aparelho lingual

O aparelho lingual utiliza uma técnica bem semelhante à técnica do aparelho fixo, no entanto, ele não aparece no sorriso. Pode ser indicado para quem precisa corrigir problemas na dentição, a exemplo do diastema, no entanto é para aqueles que procuram aparelho mais estéticos e não querem ter o sorriso metálico.

O aparelho lingual é instalado na parte interna dos dentes, diretamente em contato com a língua.

aparelho móvel

O aparelho móvel é um dispositivo removível, que é feito sob medida para o sorriso do paciente através de uma moldagem. Ele é colocado no céu da boca e pode ser retirado na hora das refeições.

Neste caso, o tratamento é recomendado para estimular ou inibir o desenvolvimento da dentição em relação à arcada. Muito indicado para crianças e adolescentes, o aparelho móvel corrige o diastema e outros problemas de raiz ortodôntica.

aparelho transparente

O aparelho transparente, também chamado de aparelho invisível, é a opção mais moderna do mercado da ortodontia, além de ser o mai prático e rápido. Também chamado de alinhador invisível ou aparelho transparente, a técnica consiste em aplicar pressão no dente que precisa se alinhar, diferente dos outros tipos de aparelho que exercem uma pressão sob toda a arcada.

O aparelho invisível é recomendado para casos leves a severos de diastema. O maior benefício em relação aos outros tipos de aparelho é princioalmente a rapidez, já que ele alinha os dentes em cerca de 8 meses.

o que levar em consideração na hora de escolher o aparelho ortodôntico ideal

Como foi dito acima, existem diversas possibilidades de corrigir o diastema. Neste sentido, você deve estar se perguntando: "Qual o melhor tratamento?".

Antes de tudo, é fundamental dizer que esta dúvida é super comum quando vai se iniciar um tratamento ortodôntico. Por isso, é essencial uma conversa franca entre paciente e dentista, para que os dois juntos cheguem à uma conclusão que seja honesta e que leve em consideração todas as particularidades desse paciente.

É preciso pensar em quais são os resultados estéticos esperados, se o preço do aparelho ortodôntico é o ideal para o paciente e principalmente o tempo de tratamento. Além de aspectos como durabilidade e praticidade, que também são pontos cruciais a serem avaliados.

aparelho fixo metálico ou aparelho transparente?

Uma das principais questões para quem está buscando cuidar do sorriso é escolher qual tipo de aparelho ortodôntico usar. Normalmente, a dúvida fica entre o aparelho fixo convencional e o aparelho removível, que tem propostas similares de alinhamento dos dentes, mas funcionam de maneiras opostas.

Nesse caso, a recomendação segue a mesma: consulte o seu dentista e verifique qual opção está mais alinhada com os seus objetivos e expectativas, para que não haja nenhum tipo de frustração, ao longo da jornada ortodôntica.

Leia mais:

Mordida cruzada: saiba como corrigir o caso e as principais causas

Apinhamento: entenda por que os dentes entortam e qual a melhor forma de corrigir

clareamento dental como funciona

revele seu sorriso com liberdade

inicie a jornada com o aparelho invisível e tenha dentes retinhos em cerca de 8 meses